Resgate Aéreo no Plano de Saúde: Como Funciona?

Quando se pensa em proteção e cuidado com sua saúde, é provável que você já tenha visto cenas de resgaste médico por helicóptero ou avião. Mas, afinal, o que é e como funciona o resgate aéreo em planos de saúde? 

Veja o que você vai ler nesse artigo: 

  • O que é resgate aéreo? 
  • Existe diferença entre resgate e transporte aeromédico?
  • Planos de saúde oferecem resgate aéreo? 
  • Quais os planos de saúde que oferecem resgate ou transporte aeromédico para seus beneficiários?

O que é resgate aéreo? 

Resgate aéreo, também conhecido como resgate aeromédico é a remoção de uma vítima do local onde essa vítima está acidentada, seja com helicóptero ou avião. 

Existem inúmeras vantagens no resgate aéreo, sendo a principal o rápido atendimento à vítima. Além disso, o resgate aéreo permite que o tempo de deslocamento da vítima até o ponto de atendimento para o tratamento definitivo seja bastante diminuído, em comparação a outras formas de locomoção (como através de uma ambulância, por exemplo). 

Outra vantagem é que com o resgate aéreo é possível acessar locais nos quais o acesso por veículo automotor seria bastante difícil, quando não impossível. 

O resgate aéreo é considerado um sistema de atendimento pré-hospitalar móvel. Sendo assim, no caso do Sistema Único de Saúde (SUS), esse sistema de atendimento pertence à Central de Regulação Médica de Urgências da região onde a vítima está localizada. 

No caso, esse tipo de atendimento é regulamentado pela Portaria do Ministério da Saúde no. 2048 (de 05 de novembro de 2021), além de resoluções do Conselho Federal de Medicina e Resolução no. 512 de 11 de abril de 2019, que estabelece o Regulamento Brasileiro da Aviação Civil. 

Além do atendimento via SUS, quem tem determinados planos de saúde também podem ter acesso a esse serviço, feito pelo plano de saúde. 

Existe diferença entre resgate e transporte aeromédico?

É importante lembrar que também existe o transporte aeromédico, também chamado de transporte inter-hospitalar. Nesse caso, o paciente já está em uma unidade hospitalar, por exemplo, porém nessa unidade não há a estrutura necessária que o paciente em questão necessita. 

Nesse caso, o ideal é a remoção desse paciente até uma outra unidade hospitalar, com mais estrutura, para que o atendimento possa ser realizado. 

Quando se trata de transporte aeromédico, o médico responsável pelo tratamento do paciente no hospital de origem faz a solicitação de sua remoção para outro hospital com mais estrutura. 

Planos de saúde oferecem resgate aéreo? 

Tanto o resgate aéreo quanto o transporte aeromédico são oferecidos por alguns planos de saúde. É importante saber que essa modalidade já pode estar presente no contrato com determinados planos de saúde, como parte da cobertura básica, ou então, ser um aditivo no contrato. 

Por exemplo, caso o beneficiário tenha um tipo de plano de saúde que não ofereça esse serviço, alguns planos permitem esse tipo de aditivo, mediante cobrança. Portanto, vale lembrar que caso o seu plano não ofereça esse serviço, é importante saber que esse é um benefício oferecido que não costuma ser muito barato, mas que já está presente em alguns planos. 

Caso seja algo do interesse do beneficiário, é fundamental que o beneficiário entre em contato com a central do seu plano de saúde e verifique se há esse tipo de cobertura para o seu plano em específico e quais são as condições desse atendimento. 

No caso, o serviço de resgate ou transporte aeromédico ocorre em todo território nacional. A equipe acionada, responsável pelo resgaste ou transporte aeromédico é composta por médico, profissionais de enfermagem, pilotos, além de engenheiros aéreos. De fato, a equipe é bem sincronizada, para oferecer o transporte eficiente, de maneira rápida. 

São profissionais altamente qualificado, com especializações nas áreas de trauma e situações de urgência. 

Quais os planos de saúde que oferecem resgate ou transporte aeromédico para seus beneficiários?

Em geral, os planos de saúde que já incluem esse serviço pertencem à categoria premium. 

No caso do plano de saúde Amil, por exemplo, os seguintes planos já possuem resgate e transporte aeromédico como parte das coberturas: 

  • Amil One S1500; 
  • Amil One S2500; 
  • Amil One S6500 Black. 

Já no caso de ser um aditivo, os seguintes planos da Amil permitem que o serviço seja adicionado ao contrato: 

  • Amil S380; 
  • Amil S450; 
  • Amil S750. 

Agora que você já sabe o que é resgate e transporte aeromédico, por que não fazer uma cotação gratuita como nossos especialistas sobre os melhores planos de saúde do mercado?

Abrir bate-papo
Olá, se você deseja cuidar da sua saúde ou da saúde dos seus colaboradores, nós podemos ajudar.